fbpx

A Tecnologia na tomada de decisão clínica

colteneadm




Uma coisa está clara. Certamente o uso indiscriminado dos laminados cerâmicos nas suas mais diversas formas e nomenclaturas trouxeram consequências desagradáveis para pacientes e profissionais. Quando bem indicada, a técnica apresenta alto valor agregado, longevidade e satisfação dos clientes.

O fato é que a tomada de decisão entre o uso de laminados cerâmicos, full direct veneers ou procedimentos corretivos em resina composta depende de vários fatores. Condição periodontal e oclusal, possibilidade ou não de desgaste utilizando-se de técnicas minimamente invasivas e condições econômicas são as mais comuns.

Com a chegada dos scanners intra-orais, podemos utilizar este recurso para a geração de mock ups virtuais de custo mais reduzido comparado às técnicas de enceramento convencionais. Além de serem mais econômicas, a possibilidade de sobreposição de imagens nos modelos virtuais nos permitem verificar as espessuras necessárias para as correções dependendo da técnica a ser utilizada.

Outro fator que nos aproxima de resultados mais favoráveis são as resinas compostas  com alta capacidade biomimética que conseguem reproduzir e adaptar-se com maior fidelidade ao substrato e aos outros elementos adjacentes proporcionando naturalidade.

O sistema Duo-Shade da Brilliant Everglow nos dá esta condição para solucionar o caso clínico a seguir em uma única camada por tratar-se de uma paciente com baixa opalescência de esmalte mesmo após o clareamento e de acordo com o diagnóstico digital, necessitar somente de uma pequena camada de espessura seletiva para corrigir o problema de mal posicionamento.

Portanto, ao seguir uma filosofia minimamente invasiva, onde o preparo é a última alternativa a ser colocada, mas importante quando necessária, ao percebermos o volume da cerâmica necessária para a correção, a tomada de decisão baseada no uso de materiais inteligentes foi a melhor alternativa.

 

Dr. Marcelo Alves.